Uma característica presente na maioria de nós é a de nunca estarmos satisfeitos com a vida. Pode reparar, desde o mais pobre até o mais rico, sempre existe algo faltando para conquistar ou algo para reclamar.

“Meu trabalho é uma droga, preciso mudar de emprego…”

“Esse país não tem jeito, preciso sair do Brasil…”

“Tenho uma ideia incrível, preciso colocar em prática…”

E não existe nada de errado com isso. Querer um futuro melhor é requisito básico de um ser humano. O problema é que o sucede essas frases.

“…mas eu não tenho tempo”

“…mas eu não sei inglês direito”

“…mas eu não tenho dinheiro”

O fato é — a maior parte das pessoas tem a capacidade de reconhecer o que lhe incomoda, mas poucas tem a coragem e determinação suficiente para enfrentar esses desafios.

A única coisa que impede você de alcançar alguma coisa, é você mesmo.

Você quer mudar de emprego? Então quais são as principais empresas que você gostaria de trabalhar? Quantas vezes você já entrevistou em cada uma delas? Que tipo de habilidade falta em você para entrar nessas empresas? Quais são os livros que você está lendo para preencher essa lacuna?

Você quer mudar de país? Então quantos dias da semana frequenta um curso ou aula particular para aprender o idioma? Quanto de dinheiro você está juntando por mês para a mudança? Como funcionam os vistos no país que você quer morar? Quais são os documentos que ainda falta conseguir?

Você quer investir em uma ideia? Então quantas horas você tem dedicado nesse projeto? O que está fazendo das 20h até 2h da manhã? Só aí são 6 horas que você poderia estar trabalhando por dia. E nos finais de semana?

Eu entendo, todos nós temos responsabilidades, todos nós temos contas para pagar, e todos nós temos pessoas que dependem da gente. Nada na vida é fácil e você sabe muito bem disso.

Mas se por um segundo você parar de ser romântico e começar a ser prático, vai notar que por trás de cada desculpa existe uma alternativa. Por trás de cada objetivo, existe uma série de tarefas que poderiam ser feitas hoje mesmo.

Então meu amigo, então minha amiga, qual é a desculpa que você vai usar agora? O que você está fazendo hoje que vai te levar a atingir o objetivo de amanhã? O que você está esperando?