Publicado originalmente no Tableless.

Uma das coisas que eu tenho notado nos últimos tempos é o volume de desenvolvedores web com interesse no mundo mobile. Não é por menos, esse é um dos mercados de desenvolvimento que mais crescem no mundo.

Com essa onda, muitos curiosos começam a investir um pouco do seu tempo para criar apps de iPhone ou Android. Só que, logo de cara, esbarram com uma tremenda barreira, as diferentes linguagens de programação. Para criar apps nativas no iOS (sistema operacional do iPhone) você precisa aprender Objective-C. Para criar apps nativas no Android você precisa aprender Java.

Aí você pensa: “Linguagem de programação é tudo igual, o que importa é a lógica”. E realmente, migrar de uma linguagem para outra não é algo que deva assustar um programador. Porém muito tempo é perdido nesse processo, ainda mais quando você precisa lidar com cenários como tamanho grande de equipe ou curto prazo de projeto.

Continue lendo…